A escola e a crise dos papéis

“A escola carece […] de se justificar […] pra uma geração marcada pelo entretenimento”, Coronel.

Paulo Freire dizia: “Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo”[1].

Pelo visto, alunos e professores vivem a sensação de que enquanto a aula ocorre, o mundo está acontecendo do lado de fora. Por acaso esta é uma educação mediatizada pelo mundo?

É vital que a escola aprenda a se reinventar, se justificar, se tornar interessante pra uma geração marcada pelo entretenimento. Infelizmente, parece mais que ela transcorre a despeito do mundo.

Uma educação relevante de verdade nunca pode perder de vista a necessidade de instigar a curiosidade. Num contexto de desinteresse generalizado, provocá-la talvez seja a única maneira de redirecionar os processos escolares novamente ao caminho dos objetivos da educação.

Os alunos precisam estar em relação direta com a importância das coisas, pois são elas que possibilitam o (re)orientar das próprias condutas[2].

Portanto, o educador moderno, comprometido com sua função, deve questionar: que papel é esse, o do aprendente? – Definitivamente não é de objeto em relação a quem o forma. Ensinante e aprendente, ambos, são sujeitos do processo de ensino e aprendizagem, e não se reduzem a objeto um do outro[3].

Sobre o educador ser sujeito na relação de aprendizagem, parece até óbvio, todavia, reconhecer a outra parte como igualmente sujeito, decerto, é subverter a lógica autoritária, impositiva e antidemocrática do saber, mais presente em nossos processos do que gostaríamos que fosse.

Ser mediatizado pelo mundo depende do pleno exercício de nossos papéis… Todo professor é “apenas” um semeador.


  1. FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987, p. 68.
  2. Cf. HAIDT, Regina Célia Cazaux. Curso de didática geral. 7 ed. São Paulo: Ática, 2000, p. 113-114.
  3. Cf. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007, p. 22-24.

ede0755338e6a4e41de86c09614db4f9_decorative-underline-clipart-clipartfest-drawing-art-_370-370

WhatsApp Image 2018-11-06 at 15.14.36

Fábio Coronel, professor e músico iludido. Idealizador do projeto Autonomia EaD | Divulgação Filosófica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s