Educar é um imperativo social

“Educação é um resultado do viver e conviver”, Coronel.

Educação é um tema que aparece com frequência em nossas conversas. No âmbito familiar ou da política o consenso de que educar é preciso acontece até com certa naturalidade. Quem poderia negar, não é? Os jornais e os fatos do dia-a-dia não nos deixam pensar diferente. Entretanto apenas saber dessa necessidade não basta. A definição da sociedade que queremos depende de avaliar nossos erros e revisitar aquilo que é a essência da educação. 

Comecemos pela seguinte ideia: não nascemos sabendo, é ao longo da vida que vamos aprendendo habilidades e comportamentos que nos caracterizam. Mesmo as atividades mais básicas como andar, falar, comer, vestir, amar, são fruto do aprendizado. E onde aprendemos essas coisas? Na relação social. O ser humano não sobrevive fora da convivência com seus semelhantes simplesmente porque não pode aprender de outra maneira.

Ele é um ser que se comunica, tem a vocação de viver junto com outros e compartilhar experiências. Portanto a vida humana já surge imersa num contexto de aprendizagem, e depende da socialização para se realizar por completo. Os indivíduos nascem e crescem interagindo com o coletivo, grupos como família, escola, trabalho, clube, partido político, igreja… E nessa dinâmica influenciam ao mesmo tempo em que têm seu comportamento influenciado por eles. Por isso é coerente que de início juntemos educação e socialização.

A educação se mistura com a vida! Assim dissolvida, encontra-se em toda parte, inclusive na escola. Não há como evitá-la. Ela é o resultado de todo o meio social sobre os seus participantes, no exercício de viver e conviver. Deste modo, se socializamos, educamos, se educamos corretamente, socializamos. Esse processo vai além de adequar indivíduos à sociedade, trata-se de formá-lo com valores de convivência e consciente de seus direitos e deveres perante a vida coletiva.

ede0755338e6a4e41de86c09614db4f9_decorative-underline-clipart-clipartfest-drawing-art-_370-370

WhatsApp Image 2018-11-06 at 15.14.36

Fábio Coronel, professor e músico iludido. Idealizador do projeto Autonomia EaD | Divulgação Filosófica.

Um comentário sobre “Educar é um imperativo social

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s